terça-feira, 26 de março de 2019

Museu de Arqueologia (MAPA) de Araraquara descobre pegadas de dinossauros que viveram na região a milhões de ano






Se você gosta de dinossauros, não pode deixar de visitar o MAPA (Museu de Arqueologia de Araraquara) e passear pela cidade de Araraquara, interior de São Paulo, a apenas 275 km da capital, repleta de calçadas com pegadas de dinossauros  Omitócios que foram batizados de pé de aves, a espécie viveu no planeta terra a 8 milhões de anos e tinha o tamanho de uma galinha. 

Os moradores de Araraquara sempre notaram as marcas de pegadas que são comuns nos calçamentos, o pesquisador José Leonardi no ano de 1976 parou na cidade de Araraquara por conta de uma dor de dente, quando viu as pecadas ficou tão entusiasmado que esqueceu de ir ao dentista, mas foi somente no ano passado que um estudo comprovou que pedras extraídas de uma pedreira em Botucatu eram de dinossauros, e na semana passada o prefeito da cidade determinou que algumas calçadas tivessem bloqueadas a passagem para sua preservação.

Além do museu de paleontologia que já conta com um trecho de calçadas interditado, também foi construído um monumento no centro da cidade com uma grande área de calçamento com pegadas de dinossauros.